PILHAS O DESCARTE INADEQUADO EM LIXO COMUM, GERA PERIGO!!!


O descarte inadequado das pilhas pode resultar em diversos danos, desde contaminação da água, solo, ar, até doenças a população que de alguma forma tenha contato com os materiais que as compõem.


Os resíduos originados das pilhas são altamente danosos ao meio ambiente e a população, pois, contém em sua composição matérias pesados a exemplo: chumbo, mercúrio, berílio etc.

É de fundamental importância a conscientização populacional destes danos não só por parte da indústria como também do comércio para que se reduza o descarte inadequado, cada vez mais. Não bastando apenas a observação no rótulo seguindo a legislação brasileira resolução Conama n. 257 (Conselho Nacional do Meio Ambiente).


Uma vez amassada, ou estourada a pilha resulta num vazar de líquido tóxico de seu interior, líquido este que não se decompõe, porém se misturam com a biodiversidade.


Você sabia que é possível aumentar a vida útil das pilhas?

Algumas alternativas para isto são:

1.    Não guardá-las em locais expostos ao calor e à umidade.

2.    Retirá-las do equipamento se ele for permanecer muito tempo sem uso.


Como descartá-las?

1.    Entregue-as em locais que comercializam, fabricam ou assistências técnicas autorizadas.

2.    Elas também podem ser recicladas, reutilizadas.

Há na Bahia ponto de descarte adequado, porém tais pontos não atendem a demanda e a população segue descartando inadequadamente, é necessário que se apresente melhorias para que danos sejam evitados.


O Grupo INER e o Elo Social apresentam propostas que trarão soluções para tais problemas, pois o trabalho a ser realizados nas Usinas evitará a liberação dos resíduos tóxicos no solo e  consequentemente doenças à população e destruição ao meio ambiente, além de gerar emprego e rentabilidade socioeconômica. 


Texto: Criado por Edineide Pinto

Ideia Central e Imagens: Alliny de Oliveira

Revisão: Joseli Santos, Luziene Meirelles

Matéria da Federação do Elo Social Bahia

2 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo